Apresento-lhes a melhor mãe do mundo, com todos os seus defeitos como qualquer outra, mas a melhor. A que me deu colo quando eu mais precisei, a mãe que dedicou sua adolescência a mim, que me repreendeu quando eu queria voar alto demais, que aceitou meu namoro quando novinha aos trancos e barrancos mas que acreditou no meu primeiro, único e grande amor, que me deu conselhos para encontrar meu caminho, que me ensinou os valores da vida e a ter caráter; sem ela minha vida não teria diversão, sem ela não teria ganho o melhor presente da minha vida que é meu irmão, e talvez não seria quem eu sou hoje como pessoa, como mulher. Posso não ser a melhor filha, a melhor companhia ou o melhor ombro amigo. Posso não ser a melhor pessoa para ajuda-la a ter fé pois sou incrédula, mas apesar de tudo, quero deixar registrado o meu orgulho de tê-la.Sem ela eu não teria o apoio em trabalhar com moda, não teria o apoio de ser artista. Qualquer mãe convencional acharia loucura ou perda de tempo estudar moda, mas ela não, foi a única que me incentivou desde quando expressei amor pela profissão aos meus 13 anos. Essa mulher me ensinou a sonhar, a querer ser feliz em tudo na vida, a procurar o que é o melhor para mim mas que acima de tudo que me complete. 

Seria clichê dizer que apenas sou grata a tudo que fez por mim, e acho que seria pouco para expressar. Vou mais além e arriscar a dizer que amo mais ela do que a mim, e isso já traduz todo o amor que sinto e todo meu compromisso com a vida dela. E que não importa o que aconteça na minha vida pessoal, nada será tão devastador se um dia não ter mais o seu sorriso, por isso que enquanto eu estiver aqui, vou lutar por sua felicidade e sua paz.

Mãe, mulher, atriz, intensa, justa, criativa, verdadeira, divertida e desencanada. Eu queria ter a metade da coragem que ela tem de mudar de corte de cabelo e pintar do azul ao rosa, eu queria ter a coragem que ela tem de subir nos palcos e passar  as pessoas emoção, de ser ela mesma em público e pouco se importar com os julgamentos. Sim, eu ainda aprendo muito com ela e sei que irei aprender muito mais seja na dificuldade ou na alegria mas sempre juntinho a ela, do meu jeito meio torto mas sempre junto. E seja a qualquer hora, qualquer lugar, na alegria, na doença, de qualquer forma eu a amo, a amo incondicionalmente e não teria como ser diferente.

Fotos: Acervo Pessoal.

0 comentários :

Postar um comentário